O Guarani entra em campo nesta sexta-feira, às 19h, no Batistão, em Aracaju, para enfrentar o Confiança, em duelo da décima segunda rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida terá a transmissão da Rádio Bandeirantes de Campinas.

VOLTA DE DANIEL PAULISTA AO BATISTÃO
A lei do ex estará presente mais uma vez no banco de reservas do Guarani. O técnico Daniel Paulista vai reencontrar seu último clube antes do Bugre. Foram duas passagens pelo Dragão. Na primeira foram 69 jogos enquanto na segunda foram 21 partidas com oito vitórias. O time base do Confiança foi montado com auxilio do próprio treinador bugrino.

JEJUM EM SERGIPE
O Bugre vai em busca da sua primeira vitória na história em Aracaju. Foram três partidas no Batistão com três derrotas. Já no retrospecto geral, a vantagem é campineira e mostra quatro vitórias bugrinas em sete jogos (todas nos quatro jogos disputados em São Paulo).

CHANCE DE G4
Em busca da sua maior sequência invicta em 2021, o Guarani entra no G4 se vencer o Dragão. O Bugre está empatado no número de pontos com Sampaio Corrêa (3º) e Goiás (4º). O grande ponto é que o Goiás terá confronto direto com o vice-líder Coritiba, segundo colocado com 21 pontos.

EMBALO X JEJUM
O Guarani pode repetir um feito alcançado pela última vez em 2013: quatro vitórias seguidas. A equipe de Daniel Paulista engatou sequência contra Brusque, Londrina e CRB. Já o Confiança não vence há cinco jogos (três derrotas e dois empates). A última vitória do time sergipano foi diante do Vila Nova, na sexta rodada, dia 22 de junho.

PLATAFORMA TÁTICA
O Confiança é comandado por Rodrigo Santana, ex-Atlético Mineiro e técnico da nova geração, que ainda busca resolver problemas ofensivos e defensivos. A equipe sofreu 15 gols e marcou 10 vezes em 11 jogos.

A equipe de Aracaju aposta na competitividade sem a bola e tenta melhorar o aproveitamento no ataque. Das 131 finalizações da Série B, o Dragão acertou 46 no alvo e marcou 10 gols. Foram 85 finalizações para fora.

Rodrigo Santana aposta no 4-3-3 para atacar e no 4-1-4-1 para defender. O time gosta de jogar com amplitude, apoiado pelos laterais, deixando brechas para times de contra-ataque rápido. O Dragão aposta no lado direito, com o meia canhota Daniel Penha, se aproximando de Neto Berola para romper a linha adversária e tentar a jogada de fundo. A tendência é que esse lado seja coberto por Índio e Bidu.

O Confiança é o time na Série B que menos agride os adversários e recupera bolas. Isso se deve pela orientação de Rodrigo Santana de marcação e interceptações conservadoras. Os jogadores dificilmente tentam o desarme e optam pela marcação de zona para fechar espaços.

Já o Guarani deve mudar a forma de jogar em comparação aos jogos recentes. O técnico Daniel Paulista apostou na agressividade do 4-3-3 com transições ofensivas rápidas utilizando jogadas laterais. Sem Bruno Sávio, vetado pelo DM, o Bugre pode ter Andrigo para reforçar a triangulação centralizada dando liberdade para Régis ou apostar em Pablo para continuar com a mesma plataforma. Já no meio-campo o volante Índio vai substituir Rodrigo Andrade, suspenso. O reserva contribui menos para o jogo ofensivo e vai exigir maior participação de Bidu e Diogo Mateus no ataque. Defensivamente o Guarani vive bom momento e sofreu apenas um gol nos últimos três jogos.

CONFIANÇA
Formação: 4-3-3
Variação: 4-1-4-1, 3-1-5-1
Provável titular: Rafael Santos; Marcelinho, Nirley, Bareiro e João Paulo; Serginho, Jhemerson e Daniel Penha; Neto Berola, Ítalo e Gustavo Ramos
Destaque: Neto Berola com quatro gols
Principal desfalque: Hernane Brocador
Campanha: 9 pontos em 11 jogos (27% de aproveitamento)

GUARANI
Formação: 4-3-3
Variação: 4-2-3-1, 4-4-2
Provável titular: Gabriel Mesquita; Diogo Mateus, Thales, Ronaldo Alves e Bidu; Bruno Silva, Índio e Régis; Pablo (Andrigo), Davó e Júlio César
Destaque: Régis
Principal desfalque: Bruno Sávio
Campanha: 19 pontos em 11 jogos (57% de aproveitamento)

Foto de Thomaz Marostegan/Guarani FC

Comente com seu Facebook