Versátil, Nicolas pode resolver 2 problemas na Ponte Preta

0

por júlio nascimento

Mais que um simples reforço, a nova contratação da Ponte Preta é considerada uma grande promessa. Nicolas, lateral e meio-campista de 21 anos, chega ao time campineiro para confirmar as expectativas criadas no Atlético-PR no ano passado, com atuações seguras na elite do futebol brasileiro.

Com passagens pelo sub-17 e sub-20 do Brasil, o jovem chega ao clube com pinta de que pode oferecer uma solução rápida que poucos outros reforços alvinegros conseguiram até agora.

Na Ponte Preta, Nicolas pode ajudar a resolver dois problemas da equipe treinada por João Brigatti. O primeiro está ligado à ausência de um camisa 10. O atleta é o chamado enganche e reconhecido por isso em Curitiba. Ágil, ele é uma espécie de motor do time, capaz de carregar a bola em velocidade e também com capacidade de buscar um passe em profundida. Por isso, até nas categorias de base da seleção, passou a atuar no meio-campo.

Com Ruan atendendo às expectativas na lateral-esquerda, o atleta pode ser aproveitado em outra função. Ou até mesmo deslocar Igor Vinicius para o meio-campo, Ruan para a direita e entrar no sistema defensivo.

Existe ainda a possibilidade de Nicolas ser aproveitado na bola parada. Danilo Barcelos, Igor Vinicius e Orinho estão com baixo aproveitamento nesta condição e Nicolas se torna candidato para cobranças de falta e, principalmente, escanteio. Só no corner foram quatro assistências no Brasileirão passado vestindo a camisa do Furacão.