O Guarani entra em campo nesta quinta-feira, diante do Sampaio Corrêa, em duelo da 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A diferença atual para o G4 é de sete pontos e pode cair para quatro em caso de vitória no Maranhão.

Mas a situação do Bugre poderia estar mais confortável na briga pelo acesso se não fosse pelos vacilos nos acréscimos em algumas partidas da Bezona.

Só nos últimos dois jogos foram cinco pontos desperdiçados pelos gols sofridos na reta final contra CRB e Confiança. Outro jogo que poderia ter rendido uma pontuação melhor ao Bugre foi no jogo contra o Coritiba quando Régis desperdiçou pênalti no final do jogo.

De acordo com os matemáticos, o Guarani precisa de uma campanha mínima de cinco vitórias e um empate nos últimos sete jogos que serão disputados na Bezona.

Neste cenário a equipe passaria de 46 para 62 pontos.

RELEMBRE ALGUNS VACILOS DO BUGRE NOS ACRÉSCIMOS:

VS. CONFIANÇA – 3 PONTOS
Na última partida da Série B, o Guarani sofreu a virada nos acréscimos contra o Confiança e perdeu três pontos. O Bugre administrava a vitória por 1 a 0 no segundo tempo quando perdeu dois jogadores expulsos: Bruno Sávio e Thales.

VS. CRB – 2 PONTOS
O time campineiro vencia o CRB por 2 a 1 até os 48 minutos do segundo tempo em duelo da 30ª rodada, mas um pênalti no finalzinho beneficiou o time alagoano e fez o Bugre somar apenas um ponto ao invés de três.

VS. VITÓRIA – 1 PONTO
Na abertura do returno da Série B, o Bugre visitou o Vitória em Salvador e já pensava no intervalo da partida quando viu Soares marcar aos 49 minutos o gol da vitória dos mandantes.

BÔNUS: 1 PONTO CONTRA CORITIBA
Vale lembrar que em duelo da 26ª rodada, o meia Régis teve a chance de empatar o jogo nos acréscimos, mas desperdiçou pênalti e o Bugre foi derrotado por 1 a 0.

Foto de Thomaz Marostegan/Guarani FC

Comente com seu Facebook