Uniforme da sorte? Confira o aproveitamento do Guarani com camisa alternativa

0

por júlio nascimento

Muitos torcedores acreditam em superstição e sorte em vários segmentos dentro do futebol. Afinal, camisa ganha jogo? Para alguns, a resposta é sim, mas para outros não há grande utilidade nisso. Mas fato é que parte do bom momento vivenciado pelo Guarani na temporada foi utilizando o terceiro uniforme – lançado pela Topper em janeiro.

O uniforme listrado com dois tons de verde tem retrospecto muito positivo. Foram apenas três derrotas em 16 jogos na temporada. O lado negativo para o torcedor fica por conta do Dérbi 191 na derrota para a Ponte Preta no Brinco de Ouro. Por outro lado, a camisa foi usada no jogo do acesso e na final da Série A2 do Campeonato Paulista.

Com a camisa alternativa foram 12 vitórias, um empate e três derrotas. 48 pontos disputados e 37 ganhos pelo Bugre gerando aproveitamento de 77%. Já com os uniformes tradicionais foram 11 jogos com quatro vitórias, dois empates e cinco derrotas. 14 pontos de 37 em disputa com 42% de aproveitamento.

A última vez que o Guarani vestiu o uniforme foi na partida contra o Criciúma, na vitória por 1 a 0, pela quinta rodada da Série B.

CAMISA ALTERNATIVA – 77% DE APROVEITAMENTO
16 JOGOS – 12 VITÓRIAS, 1 EMPATE e 3 DERROTAS

CAMISA TRADICIONAL – 42% DE APROVEITAMENTO
11 JOGOS – 4 VITÓRIAS, 2 EMPATES e 5 DERROTAS

 

Comente com seu Facebook