Tropeços em casa contra times ameaçados tiraram chances de acesso da Ponte

0
Foto: Álvaro Jr. - Ponte Press

com a colaboração de Antonio Luppi

O final da temporada 2019 chegou mais cedo para a Ponte Preta. Há pelo menos cinco rodadas o time abandou as pretensões de acesso e cumpre tabela ao longo do mês de novembro. O time, que começou a competição com tropeços, conseguiu ajuste ainda nas primeiras rodadas e quase lutou pela ponta da tabela da competição, caiu de produção no returno sob o comando de Gilson Kleina e já pensa em 2020.

O trabalho de Gilson Kleina esteve longe do esperado e, dentro de campo, em casa, a Macaca mostrou irregularidade que foi fundamental para o time abandonar as chances de acesso.

No Majestoso, a Ponte desperdiçou 16 pontos contra times que lutam ou lutavam contra o rebaixamento. Além da última derrota para o Figueirense, os alvinegros perderam em casa para América-MG, Vitória e Vila Nova e ainda não saíram do empate contra Criciúma e São Bento.

São 16 pontos que deixariam a Ponte hoje na marca dos 60 e o time estaria brigando pela segunda ou terceira posição, em ótimas condições de alcançar o acesso.

Em geral, nos 18 jogos disputados no Moisés Lucarelli, a Ponte conquistou 7 vitórias, 6 empates e 5 derrotas; aproveitamento de metade dos pontos disputados. Na classificação da Série B que leva em conta apenas o desempenho como mandante na Série B, a Ponte ocupa a décima posição.

Comente com seu Facebook