Técnico Mazola despista esquema tático e prevê estreia de Thalles no sábado

0

Depois das duas primeiras semanas de trabalho do ano, o técnico Mazola Júnior visitou os estúdios da Rádio e TV Bandeirantes de Campinas para falar das impressões iniciais sobre o trabalho à frente da Ponte Preta. No Jogo Aberto Regional, o treinador se disse surpreso de maneira positiva com a montagem do elenco alvinegro. “A Ponte conseguiu montar um bom grupo de trabalho e tenho certeza que a Ponte vai fazer um grande campeonato Paulista, sem sustos, como foi o pedido da diretoria”.

O treinador fez questão de salientar que a base montada nos 2 jogos-treinos realizados na última semana não são parâmetro para o time titular da estreia no Paulistão e que os jogadores utilizados nos diferentes tempos da atividade foram para criar “campos de observação”. Nas duas atividades realizadas, a Ponte venceu o Velo Clube por dois a zero e perdeu para o Juventus por dois a um. Mazola afirmou não se importar com os resultados: “o resultado, sinceramente, é meio complicado falar isso, mas até foi bom pra colocar um pouco de água na fervura. Senão, começa muito bem os treinos, acham que você tem o Barcelo na mão. Vamos colocar os pés no chão, trabalhar bem esta semana e, a partir do sábado, a cobrança vai ser grande”.

Apesar de dar poucas pistas sobre o esquema tático ou os titulares da estreia, o treinador falou, em particular, da situação de Thalles, atacante considerado a principal contratação do clube neste início de temporada. “Ele tem tido uma evolução muito boa nestes 10 dias de trabalho (…) ele é novo, é muito mais forte do que gordo (…) se ele mantiver a evolução que tem apresentado, muito provavelmente vai começar como titular contra o Oeste”.

Com relação às laterais, o treinador adiantou que pode trabalhar com Diego Renan dos dois lados do campo e que a ideia é iniciar o campeonato utilizando Arnaldo (ex-Botafogo) na lateral-direita que, apesar de ser um dos últimos a chegar, estava em pré-temporada e por isso com bom condicionamento físico. O treinador projeta que pelo menos um dos laterais, terá uma função ofensiva “mais forte”.

Por fim, o treinador fez um apelo para que os torcedores alvinegros comecem o ano comparecendo aos jogos e apoiando o time. “A responsabilidade é grande, mas é de todos nós, é o momento do pontepretano voltar ao Majestoso, o clube precisa retomar o apoio do torcedor e vamos fazer um trabalho que a torcida da Ponte merece.”

Comente com seu Facebook