(coluna de Silvio César Talarico)

ESPEL ELEVADORES

O gaúcho Anderson Daronco correspondeu positivamente minhas expectativas para o trabalho da arbitragem no dérbi 194.

O critério adotado em seus últimos trabalhos foi mantido no clássico no Majestoso: até os 35 minutos do primeiro tempo procurar administrar a partida na base da conversação e evitar aplicar cartões.

Gostei muito da parte disciplinar e da parte técnica de Anderson Daronco. Os jogadores, com algumas exceções de temperamento, colaboraram no comportamento na medida de um clássico tenso.

Todas marcações de Daronco foram respeitadas.

É preciso destacar também o trabalho dos assistentes. Rafael da Silva Alves agiu bem ao anular um gol de Roger ainda no primeiro tempo. Ele estava impedido após cruzamento de Diego Renan.

Daronco executou uma arbitragem segura, preventiva e com muita credibilidade. Sempre próximo aos lances e nenhuma polêmica registrada.

O dérbi 194 terminou tranquilo na parte disciplinar e na parte técnica.

Comente com seu Facebook