STJD adverte diretor do Guarani por invadir sala da arbitragem

0
Foto: GuaraniPress-Gabriel Ferrari

As reclamações da arbitragem no duelo entre Guarani e Vila Nova da 10ª rodada da Série B foram mais fortes para o diretor de futebol, Sergio do Prado. Em julgamento realizado na sede do STJD, o dirigente foi advertido por invadir a sala de arbitragem e dirigir críticas ao árbitro Alexandre Tavares Vargas de Jesus.

Na ocasião, o Guarani sofreu o gol de empate faltando um minuto para acabar o jogo. A equipe de Umberto Louzer vencia por 1 a 0 quando Alexandre Tavares marcou pênalti de Caíque na área do Bugre e Alex Henrique converteu a penalidade.

Na súmula, o árbitro informou que Sérgio do Prado entrou sem autorização no vestiário da arbitragem e disse: “só queria informar que a televisão disse que não foi pênalti e que houve invasão na execução do pênalti”. Alexandre ainda completa que “foi informado que o mesmo não poderia estar no vestiário e que seria relatado na súmula. Após o fato o mesmo se retirou”.

Comente com seu Facebook