O novo zagueiro do Guarani, Wálber, foi apresentado no Brinco de Ouro. O atleta de 23 anos foi uma recomendação do técnico Thiago Carpini e do superintendente Michel Alves.

“Eu estava acompanhando o Guarani porque o Paulista sempre foi um campeonato que tive vontade de jogar. Eu trabalhei com Michel Alves e com o Thiago Carpini. Inclusive o Michel Alves tentou me levar para o Cuiabá, mas naquele momento não foi possível”, explicou Wálber.

O atleta chega emprestado pelo Athletico Paranaense até o final da Série B após passagens discretas por Figueirense e Sport. Seu melhor momento foi com o Botafogo-PB quando trabalhou com Carpini.

“No Sport eu não tive muita oportunidade, nem mesmo no Figueirense, mas fui bem recebido no Athletico Paranaense e agora minha cabeça está voltada ao Guarani. Quero trabalhar e esperar a oportunidade para fazer bem”, ressaltou.

O zagueiro se definiu como rápido e eficiente na bola aérea. Com Didi impedido de ser inscrito no Paulistão por ter atuado pelo Botafogo, vai brigar por posição no time titular com Bruno Silva, Bruno Lima e Romércio.

“Eu tenho um bom passe e bola aérea. Sou um zagueiro rápido e com qualidade. O Guarani está fazendo uma boa campanha e nós que estamos chegando vamos fazer o melhor possível para continuar colaborando. Eu venho para o Guarani para ajudar e brigar por posição”, finalizou.

Foto de David Oliveira/Guarani FC

Comente com seu Facebook