À espera de resposta de Jorginho, Guarani pensa em ex-Avaí para sequência da Série B

0

A negociação entre Jorginho e Guarani ainda não avançou. O treinador, demitido da Ponte Preta na manhã de ontem, negocia um acordo salarial com a direção bugrina.

ESPEL ELEVADORES

Jorginho fez uma proposta salarial para dirigir o Bugre na Série B. O valor era o mesmo que recebia por toda comissão técnica na Ponte Preta. No entanto, o clube alviverde descartou pagar o valor em um primeiro momento e segue avaliando o mercado por novas opções.

Além da proposta por Kleina, o Guarani já sondou três nomes: Roberto Cavalo, Moacir Júnior e Alemão. Todos confirmaram consultas, mas negaram qualquer proposta oficial até o momento.

O nome da vez é Geninho.

O treinador de 71 anos reside em Vinhedo e está desempregado desde que deixou o Avaí. Geninho também está sendo observado pela Ponte Preta como alternativa caso a negociação com Gilson Kleina seja frustrada.

Comente com seu Facebook