O departamento de futebol do Guarani ainda avalia o mercado em busca do substituto de Daniel Paulista. Ben-Hur Moreira, auxiliar fixo do clube, completa uma semana no comando da equipe nesta quarta-feira e estará à frente do grupo contra o Tombense.

O zagueiro e capitão Ronaldo Alves reiterou apoio do plantel ao profissional no período em que ele estiver no comando, mas admitiu pressa na definição do novo treinador.

“A gente torce para que se tenha uma decisão o quanto antes porque é melhor. Assim a gente vai conseguir desenvolver um trabalho. Mas é uma decisão da direção e vamos apoiar quem estiver na frente do grupo”, explicou.

“O Ben-Hur (Moreira) é um cara que está há muito tempo no clube. Todo mundo conhece ele. Ele vem se preparando para exercer o que vem sendo pedido e se continuar terá o apoio do grupo também”, completou.

Inicialmente, o Bugre deve conseguir apostando em um treinador do perfil da nova geração. Depois de contar com trabalhos de Thiago Carpini, Ricardo Catalá, Felipe Conceição, Allan All e Daniel Paulista, a gestão de Ricardo Moisés sondou nomes como Matheus Costa, Elano e Vinicius Bergantin.

Treinadores experientes como Jorginho Campos e Enderson Moreira se mostraram mais resistentes neste momento dentro do mercado.

Foto de Thomaz Marostegan/Guarani FC

Comente com seu Facebook