O zagueiro Ronaldo Alves repetiu o discurso do técnico Daniel Paulista e exaltou o ponto somado no dérbi 201 na última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Mas para valorizar o empate fora de casa no clássico, Ronaldo Alves ressaltou que fazer a lição de casa nesta terça-feira, diante do Remo, no Brinco de Ouro, será fundamental.

“Foi um ponto importante que trouxemos para casa pelo peso do clássico, mas agora precisamos fazer valer atuar dentro de casa e continuar somando pontos para subir na tabela”, explicou Ronaldo Alves.

O Bugre tem 38 pontos e ocupa a quinta colocação. O primeiro time no G4 é o CRB, com 41 pontos, que enfrenta o Brasil em Pelotas.

“O nosso principal objetivo é o acesso e agora precisamos nos dedicar para entrar no G4. A competição está afunilando cada vez mais e não podemos deixar pontos para trás. Vamos procurar fazer o máximo para encurtar essa diferença e alcançar o G4”, completou.

Ronaldo Alves exaltou o trabalho defensivo da equipe no segundo turno. Após ser uma das equipes mais vazadas do top-10 na primeira parte da competição, o Guarani evoluiu e passou a sofrer menos na zaga.

“A gente vem cada vez mais consolidando nossa performance e trabalhando desde o goleiro até o atacante. Todo mundo está se cobrando, querendo e buscando melhorar. Vamos ainda corrigir mais erros, evoluir em todos quesitos e continuar diminuindo o sofrimento defensivo”, explicou.

O Remo é comandado por Felipe Conceição, técnico do Bugre na Série B, mas agora adversário nesta terça-feira.

“O Remo é um adversário que vem de bons jogos e precisamos ter cuidado. O Felipe (Conceição) esteve aqui, fez um bom trabalho, mas hoje estamos em uma metodologia diferente com o Daniel Paulista. É uma equipe de característica diferente daquela época”, encerrou.

Foto de Thomaz Marostegan/Guarani FC

Comente com seu Facebook