O gerente de futebol da Ponte Preta, Gustavo Bueno, atendeu a imprensa para responder questionamentos sobre o atual momento da equipe na temporada.

Um dos pontos descartados por Bueno é o declínio técnico como consequência de atrasos salariais. O dirigente da Macaca garantiu que todos os compromissos estão sendo honrados.

“É importante deixar claro que a diretoria vem cumprindo rigorosamente com os pagamentos em dia. Não podemos usar isso como justifica para oscilação. Atletas, funcionários e comissão técnica estão recebendo em dia”, explicou.

O próximo compromisso da Macaca será diante do Figueirense, na próxima segunda-feira, no encerramento do primeiro turno. Após ser ultrapassada por Juventude e Paraná, ambos com 28 pontos, a equipe alvinegra ocupa a sexta colocação com 27.

Foto de Álvaro Jr/Pontepress

Comente com seu Facebook