O presidente do Guarani, Ricardo Moisés, abordou a questão sobre uma possível divisão dentro do elenco alviverde. Em entrevista coletiva, o mandatário bugrino se manteve confiante no bom ambiente entre os atletas no Brinco de Ouro.

“Já foi demonstrado para os jogadores que não existe nenhum racha no elenco. Todo jogador no Guarani é livre para falar o que pensa e o que realente acontece. Não existe nenhuma operação de blindagem ou abafar informações. Em razão dos resultados não estarem vindo pessoas externas querem plantar discórdia onde não existe. O elenco do Guarani é unido e vai mostrar isso em campo”, explicou Moisés.

O presidente bugrino não comentou sobre as recentes manifestações dos torcedores cobrando melhores resultados da equipe na Série B, mas garantiu que não há neste momento nenhum pensamento sobre nova reformulação no elenco.

“Não pensamos em dispensa e o elenco do Guarani não está inchado. A gente precisa de um elenco robusto e adequado para enfrentar situações como covid, lesões e o número de jogos. Também iremos jogar a Copa Paulista e os atletas profissionais também serão aproveitados’, ressaltou.

Ricardo Moisés concluiu falando sobre a negociação com o novo fornecedor de material esportivo. Recentemente, o Bugre chegou a negociar com a Macron – responsável pelo uniforme do português Sporting -, mas as conversas não evoluíram durante a pandemia.

“Negociamos firmemente com um fornecedor italiano até a pandemia e estávamos praticamente fechados, mas tivemos problemas e não avançamos. O Guarani buscou novos fornecedores e já desenvolveu um novo parceiro para o material esportivo. Fizemos trocas de minuta contratual e estamos em fase de assinatura para conclusão disso”, encerrou.

Foto de David Oliveira/Guarani FC

Comente com seu Facebook