Ricardinho fala em “privilégio” de poder disputar o dérbi

0
Foto: Letícia Martins - Guarani Press

Capitão e ídolo recente da torcida do Guarani, Ricardinho abriu a semana do dérbi 193 na sala de imprensa do estádio Brinco de Ouro. Em algumas situações complicadas do time recentemente, o volante tem sido acionado para conversar com os jornalistas. Foi assim desta vez. O Guarani chega para o clássico regional mais pressionado que a Ponte, já que o Bugre não vence há 2 partidas e não vem apresentando um futebol convincente.

ESPEL ELEVADORES

Apesar do momento delicado, Ricardinho falou que “é um privilégio poder estar jogando, viver uma semana como esta, um jogo como esse, a responsabilidade que é e tudo que representa pro torcedor e pra nós com relação a classificação”.

Para o jogador, um dos pontos que tem afetado o desempenho da equipe nas partidas é sair atrás no marcador. “De todos os jogos da temporada, 7 ou 8 deles saindo atrás do resultado, isso é muito ruim, você ficar o tempo todo correndo atrás, insatisfeito dentro do campo, tendo que fazer uma força. É descomunal”. Ricardinho alertou que este é um fator que é preciso minimizar, e ter um rendimento mais linear ao longo de todos os 90 minutos.

Líder do time, Ricardinho comentou a visita de alguns torcedores ao estádio pouco antes do treino começar nesta segunda. O jogador acredita ser natural esta conversa às vésperas do clássico e que o jogo será uma oportunidade única para aproximar torcida do time nesta reta final da primeira fase do Paulistão. “É um momento do algo a mais, é um momento em que a gente precisa fazer um pouco mais do que a gente tá fazendo para que a gente consiga vencer esta partida”

O jogador ainda fugiu de respostas polêmicas sobre favoritismo, ou provocações. “Jogo extremamente equilibrado e competitivo e espero que o Guarani esteja muito bem preparado para fazer a melhor partida da temporada”.

Comente com seu Facebook