O Portal CB explicou mais cedo o que o dérbi 201 não será um jogo a parte – frase emblemática de Oswaldo Alvarez – pelo fato que os três pontos podem ser determinantes para o Guarani na briga pelo G4. Mas a mesma situação ocorre para a Ponte Preta: vencer é fundamental.

O primeiro aspecto envolve a recuperação da equipe na Série B do Campeonato Brasileiro. Após a polêmica derrota para o Cruzeiro – que contou com erros de arbitragem -, a Macaca está próxima novamente da zona de rebaixamento e pode voltar para o Z4 se não conseguir somar pontos.

A diferença para o Vitória é de apenas dois pontos. Se pelo menos empatar no dérbi, a Ponte Preta assegura que não volta para a zona de rebaixamento. Mas se vencer tem chances de dar um bom salto e ganhar pelo menos duas posições.

O segundo ponto é a busca pela ‘revanche’ contra o rival após derrota no primeiro turno. A última vez que a Macaca perdeu duas vezes para o Guarani no mesmo campeonato foi na campanha de 2009.

Vale lembrar que os dois times seguem em acirrada disputada pela liderança no retrospecto. Nos últimos anos, a Macaca conseguiu se reaproximar e chegou na marca de 66 vitórias. Já o Guarani, com a vitória no primeiro turno, tem 68 triunfos em dérbis. Dos 200 jogos disputados foram também 65 empates.

Foto de Álvaro Jr/Pontepress

Comente com seu Facebook