O meia Renan Mota pode estrear com a camisa da Ponte Preta nesta quinta-feira, diante do Santo André, no Majestoso, na segunda rodada do Campeonato Paulista.

Após abertura da janela internacional, o atleta foi regularizado e fica à disposição do técnico Fábio Moreno para enfrentar o Ramalhão.

“Temos uma expectativa muito grande para esse jogo diante do Santo André e nossa equipe vem forte. Tivemos uma estreia dura contra o Novorizontino, saímos de lá com um empate e espero que agora venha a vitória. Quero estrear, voltar a atuar, fazer gol e dar assistência. Expectativa é uma das melhores”, disse Renan.

O meia ficou duas temporadas atuando no futebol japonês, mas conseguiu realizar poucos jogos por ter sido prejudicado por lesões e agora quer dar a volta por cima na Macaca. Vale lembrar que o jogador esteve próximo de reforçar a equipe campineira em 2019, mas optou por sair do Brasil de última hora.

“Surgiu a possibilidade da Ponte Preta quando eu estava no Japão e fiquei uns meses sozinho. Mas naquele momento não seria a hora e aquilo ficou no passado. O que importa é agora e estou com a cabeça focada na Ponte. Acredito que o mais importante é o hoje”, completou.

Além de atuar como camisa 10, Renan Mota também outras funções e aposta na versatilidade para buscar sua vaga na equipe.

“Eu saí do Brasil jogando em várias posições no Figueirense e atuei como meia, volante e ponta no Japão. Inclusive meu primeiro gol no Japão foi como primeiro volante onde eu tinha que marcar também. Aprendi muitas coisas neste período e quero ajudar a Ponte Preta onde o professor Fabinho quiser”, encerrou.

Foto de Diego Almeida/Pontepress

Comente com seu Facebook