O zagueiro Rayan retornou ao time da Ponte Preta em momento complicado da temporada defensivamente. Foram seis gols sofridos nos últimos dois jogos sendo uma goleada histórica contra a Chapecoense no Moisés Lucarelli.

“Precisamos compactar mais o nosso time e estamos treinando isso essa semana. Quando o time atacar todos precisam estar perto e quando defender todos precisam defender. Quando a defesa sofre gols não é só a defesa assim como o ataque quando funciona não é só ataque”, reiterou o zagueiro.

Contratado após atuar pela Ferroviária no Paulistão, Rayan sofreu com uma lesão no começo da sua passagem pela Macaca e agora tenta retomar seu espaço dentro da equipe.

“Eu fiquei bem triste com a fratura porque foi a segunda no ano. Mas a gente vem para o clube para desempenhar o melhor e acredito que todos os jogadores estão tentando mostrar isso nesse ano”, completou.

Após perder vaga no G4 para o Juventude, a Macaca enfrenta o Figueirense para tentar retomar seu posto no grupo dos quatro melhores da Série B.

“Sabemos que temos um jogo para completar o turno e o segundo turno inteiro pela frente. Queremos fazer história aqui na Ponte e todos vão em busca desse objetivo”, encerrou.

Foto de Luiz Guilherme Martins/Pontepress