Passarelli explica atuação no treino como zagueiro: ‘Ajudei por causa da facilidade com os pés’

0
Foto: Letícia Martins - Guarani Press

O goleiro Passarelli, de 22 anos, segue sem espaço no time principal do Guarani. Após a chegada de Jefferson Paulino, ex-Bangu, o atleta passou a revezar nas atividades de Vinicius Eutrópio com Carlão, mas sem perspectiva de jogar.

ESPEL ELEVADORES

Durante a semana, na reapresentação do elenco, Passarelli atuou como zagueiro durante o primeiro tempo do coletivo. Em contato com a reportagem, o goleiro explicou que foi um combinado com Eutrópio pela facilidade de jogar com os pés. “Eu e o Jefferson (Paulino) revezamos na linha porque temos facilidade com os pés. Depois eu terminei a atividade como goleiro”, explicou.

O contrato de Passarelli com o clube vai até novembro e um empréstimo para clubes emergentes foi estudado, mas sem avanços. Desde o ano passado, o goleiro recebeu sondagens de Botafogo-PB, União Barbarense e Atlético Tubarão, mas nada que fosse concretizado.

Passarelli iniciou a temporada como terceiro goleiro, mas foi perdendo espaço na avaliação da comissão técnica. Ele tem como concorrentes Giovanni, Jefferson Paulino, Klever e Carlão – também cria das categorias de base do clube.

Treinando no profissional há mais de três anos, Passarelli tem apenas dois jogos no time profissional do Guarani. Ele participou da estreia da equipe na Série A2 do ano passado contra o Oeste na derrota por 1 a 0 e depois da última rodada da Série B diante do Londrina.

Comente com seu Facebook