Presidente do Guarani, Ricardo Moisés, não acredita em renúncia do CA e chama de inoportuno momento da assembleia pelo impeachment

0
Foto: Vilson Smanhoto

Depois de mais um imbróglio político, desde esta quinta (12/09) o Guarani tem um novo presidente : Ricardo Moisés. Em entrevista à Rádio Bandeirantes na manhã desta sexta (13/09), ele abordou os principais assuntos que tomam contam dos bastidores do clube neste momento. Confira, a seguir, as principais declarações do novo presidente do Guarani:

ESPEL ELEVADORES

Demissão de Estevam Soares

“Não era o executivo de futebol que precisávamos neste momento. A gente precisava de um profissional para solucionar de imediato as carências do Guarani, identificando os destaques disponíveis no mercado e reforçar a equipe. Porém, ele é ainda um treinador e não estava atualizado para esta função”.

Novo Gerente de Futebol

“Estamos analisando alguns nomes no Conselho de Administração, porém temos uma dificuldade grande em razão da assembleia convocada para o dia 23. Muitos profissionais não têm a segurança de vir nesta situação”

Renúncia de membros do CA antes da Assembleia que vota o impeachment

“Não acredito que todos se afastem, acho muito difícil isto acontecer, mas existiu sim essa possibilidade, mas não acredito que prospera”

Assembleia pelo impeachment dia 23/09

“O momento desta assembleia é completamente inoportuno. Isso deveria ocorrer ao final do campeonato e não no momento em que estamos no Z-4 lutando contra o rebaixamento. O melhor para o Guarani é o cancelamento da assembleia e as lideranças se convencerem disso, pode existir um trabalho para o cancelamento dela”.

Crise política

“Existe uma conversa com as lideranças do Guarani para buscar a melhor solução política neste momento e que não prejudique o Guarani dentro do campo. As conversas estão sendo diárias e acredito que nos próximos dias a gente apresente uma solução para esta assembleia do dia 23. Ontem alguns representantes estiveram aqui no queijo (sede administrativa do Brinco de Ouro), tivemos uma boa reunião e a gente precisa de equilíbrio porque é o melhor para o Guarani (…) Não existe acordo. A gente tá identificando o que é melhor para o Guarani, o que prejudica menos e a partir daí a gente vai definir um caminho”.

Novo treinador

“A diretoria está focada em dar um suporte ao Carpini. Ele vem mostrando potencial e a gente acredita que ele vai ajudar muito a equipe do Guarani. Caso seja necessário, no meio do caminho, a gente estuda, mas a princípio o nome do Carpini tá consolidado aqui”.

Salários

“O salário foi pago metade na semana passada e na segunda ou terça-feira estará sendo pago o restante.”

Comente com seu Facebook