Presidente do Guarani confirma novo passo da cogestão em agosto

0

Prometida desde antes da Série B começar, o sistema de parceria de uma empresa com o departamento de futebol do Guarani terá novos capítulos em poucos dias. Em entrevista coletiva na manhã desta sexta, o presidente do clube, Palmeron Mendes Filho, adiantou detalhes do processo que encaminha a cogestão no departamento de futebol.

Palmeron confirmou que o Guarani recebeu duas propostas, que foram aprimoradas ao longo dos últimos meses e chegaram aos parâmetros desejados pelo clube. O Grupo MMG, liderado pela Magnum do empresário Roberto Graziano é a primeira empresa interessada. O segundo interesse vem de um grupo com experiência no futebol composto pelo empresário Nenê Zini, pela Traffic e pela Elenko Sports e pelo Grupo Rima.

No próximo dia 9 de agosto, a diretoria vai apresentar as propostas em uma reunião do Conselho Deliberativo. Depois, em 13 de agosto, data que o Guarani comemora 40 anos do título Brasileiro, está marcada uma Assembléia Geral com os associados do clube que terão a oportunidade de apreciar e votar na melhor solução para o andamento do departamento de futebol do Bugre.

O presidente bugrino fez questão de reafirmar que não se trata de um processo de terceirização do futebol. A ideia é que seja uma gestão compartilhada, que vai trazer benefícios dentro de campo e ajudar nas finanças do time.