Possível jogo 300 de Fumagalli e liderança: o que vale confronto do Bugre contra o XV

0
Técnico Umberto Louzer (à esq.) confirmar mesma escalação do Bugre que venceu na última rodada o Sertãozinho

As 3 vitórias consecutivas, a entrada no G-4 e a visível evolução do time são os combustíveis do Guarani para o jogo desta noite às 20h00 contra o XV de Piracicaba no estádio Brinco de Ouro. Mas o técnico Umberto Louzer segue com o discurso de conter a euforia e aprender com os erros. “Futebol você tem que estar em alerta a todo momento, todos os dias a gente tem exemplo. Como diz o ditado: o sábio aprende com os erros dos outros. A gente tem que estar atento. O adversário que vamos enfrentar é uma excelente equipe, muito experiente, com atletas de qualidade”, disse o comandante.

O bom momento alviverde coincide com a iminência da marca de um ídolo. Fumagalli está a um jogo de completar 300 partidas com a camisa do guarani. Mas não é possível ter certeza do fato. Isso porque o meia começou a temporada como titular, perdeu a posição na segunda rodada da série a2 e, depois disso, entrou no segundo tempo das partidas diante de Água Santa e Sertãozinho.
A presença de Fumagalli, mesmo do banco, continua essencial no Brinco de Ouro. O líder e capitão do time usa da experiência de mais de 20 anos no futebol para motivar e orientar, principalmente os mais novos.

O técnico Umberto Louzer não deve mudar o time que já tem uma base definida desde que a Série A2 começou. O imprevisto fica por conta do meia Bruno Nazário, que levou uma pancada no pé esquerdo, saiu mais cedo do último treino. Em princípio, a lesão não será problema para ele iniciar a partida como titular.

Uma vitória esta noite aliada ao tropeço do São Bernardo fora de casa diante do Juventus vai deixar os alviverdes na liderança da Série A2. Lembrando que o Guarani tem agora dois jogos consecutivos em casa. Depois do Quinze, o Bugre recebe o Taubaté no próximo sábado.