Ponte sofre goleada em Ribeirão Preto e permanece distante do G4

0
Foto: Raul Ramos / Agência Botafogo

Sob forte calor de Ribeirão Preto, a Ponte Preta visitou o Botafogo e foi goleada em duelo válido pela 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com um primeiro tempo abaixo, a Macaca perdeu por 4 a 1 e permanece cada vez mais distante do sonho do acesso.

Enquanto o Botafogo vai para os 39 pontos e segue na briga pelo G4, o time campineiro estacionou na décima posição com 35 pontos. O próximo compromisso da equipe será diante do Londrina, na terça-feira, em Campinas.

Um começo de jogo avassalador do Botafogo-SP. No forte calor de Ribeirão Preto, a Pantera não tomou conhecimento da Macaca e com 16 minutos já vencia o duelo por 2 a 0, com gols de Marlon Freitas em chute de fora da área e Murilo Henrique no contra-ataque.

Atordoada, a Ponte Preta buscava uma reação, mas sem muito sucesso. O time não conseguia trocar passes e deixava a defesa do Bota em situação confortável para controlar o jogo.

Nos minutos finais, a Macaca se aproximou do empate em lances isolados. Renato Cajá assustou no chute de fora da área e Renan Fonseca não aproveitou a saída errada do goleiro Darley.

Nos acréscimos o Botafogo ampliou ainda mais a sua vantagem. Roger puxou Marlon Freitas na grande área e a árbitra deu pênalti. Na cobrança, o próprio Marlon chamou a responsabilidade e bateu no alto, sem chances para o goleiro Ivan, 3 a 0.

Na etapa final o Botafogo-SP voltou ao jogo com o freio de mão puxado e viu a Ponte Preta crescer. Aos poucos, a Macaca conseguiu levar perigo ao goleiro e chegou ao tão sonhado primeiro gol na casa dos 20 minutos. Após pênalti marcado pela arbitragem, Roger descontou.

O sonho da reação durou pouco. No primeiro contra-ataque que o Bota encaixou, Dodô invadiu a grande área e sacramentou o triunfo da Pantera, 4 a 1.

Comente com seu Facebook