Ponte segue sem vencer em casa no Brasileiro da série B

0

A Ponte Preta ainda não conseguiu vencer em casa no Brasileiro da Série B. A Macaca perdeu por 1 a 0 para o Londrina na noite de sábado. O jogo foi marcado pela forte marcação e pela pouca criação de ambas as equipes. O jogo morno refletiu as arquibancadas que estavam vazias devido a punição.

CAFÉ MORAES

Agora a uma semana do Dérbi, a Ponte tenta a reabilitação contra o Flamengo na quarta-feira, às 19h30, novamente em casa.

O JOGO

O jogo começa com forte marcação e com pouco espaço pra jogadas de criação. Nesse contexto a Ponte Preta é superior, mas não consegue converter em gol. Aos 19 minutos, Marciel tenta em cobrança de falta, mas não assusta. Então aos 27 acontece realmente o primeiro lance de perigo. Dudu chuta na entrada da área e o goleiro Ivan faz uma bela defesa, evitando o gol do Londrina. Os times esbarravam na falta de imaginação e o primeiro tempo terminou sem mais nenhum lance de perigo.

Na segunda etapa a Macaca volta com tudo. Aos 6 minutos, após rápida troca de passes Danilo Barcelos escora pro gol, a bola passa pelo goleiro Vagner, mas para no calcanhar de Reginaldo que salva os visitantes. Aos 14 minutos, Vágner defende o chute de André Luis e impede o primeiro gol da Macaca. Então aos 31, após cobrança de escanteio a zaga da Ponte afasta mal e a bola sobra pra Patrick Vieira que faz 1 a 0 Tubarão. A Ponte tenta empatar, mas tem graves problemas na criação e não consegue levar problemas ao time do Londrina. A Ponte soma mais uma derrota em casa.

FICHA TÉCNICA

Estádio: Moisés Lucarelli, Campinas

Data: 28/04/2018

Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira

Auxiliares: Marcio Eustaquio Sousa Santiago e Celso Luiz da Silva

Ponte Preta: Ivan, Igor, Reginaldo, Renan Fonsesca, Nathan, Marceil, André Luis, Paulinho, Felippe Cardoso, Tiago Real e Danilo Barcelos.

Londrina: Vagner, Reginaldo, Luizão, Lucas Costa, Roberto, Germano, Moisés, Patrick Vieira, Dudu, Marcelinho e Safira.

Gol: Patrick Vieira (2º tempo´31)

Cartões Amarelos: Renan Fonsesca; Moisés Gaúcho, Germano, Patrick Vieira;

 

 

Comente com seu Facebook