Ponte se despede da 1ª fase do Paulistão com derrota para o Palmeiras

0

O Palmeiras quebrou a sequência invicta da Ponte Preta, que durou 6 rodadas. Na Arena em São Paulo, a Macaca fez um jogo equilibrado diante dos alviverdes, mas sofreu um gol na reta final da partida e Jorginho conheceu a primeira derrota no comando da Ponte.

Com o resultado negativo, os alvinegros terminam a 1ª fase do Paulistão com 19 pontos em 12 rodadas, na terceira posição do Grupo A e na sexta colocação na classificação geral.

O time agora aguarda a definição do Torneio do Interior, que deve servir de preparação para o Brasileiro da Série B. A Macaca concentra forças agora na Copa do Brasil, quando no dia 3 de abril a equipe volta a campo diante da Aparecidense para definir vaga na segunda fase do torneio.

O JOGO

Em casa, o Palmeiras começa tentando colocar pressão, mas a zaga pontepretana suporta bem as investidas alviverdes.  Aos poucos, a Ponte consegue tocar mais a bola e equilibrar o jogo. Thalles tem as duas boas oportunidades da Macaca no primeiro tempo. No geral, o primeiro tempo tem poucas chances efetivas de gol.

No segundo tempo, a Ponte tem a primeira boa oportunidade com Reginaldo que tenta por cobertura. Depois disso, o jogo fica equilibrado. E, aos 35 minutos, o Palmeiras consegue o único gol da partida. Felipe Pires cruza da direita, Raphael Veiga finaliza na trave, pega o rebote e não desperdiça.

A Ponte não reage, tem poucas jogadas no ataque e o Palmeiras comemora mais uma vitória e a passagem para as quartas de final na liderança do Grupo B.

PALMEIRAS X PONTE PRETA

Campeonato Paulista – 12ª rodada

Data: quarta-feira, 20 de março

Horário: 21h30

Local: Arena Palmeiras – São Paulo

Árbitro: Márcio Henrique de Gois

Assistentes: Eduardo Vequi Marciano e Risser Iarussi Corrêa

Cartões Amarelos: Jean, Felipe Pires, Nathan, Diego Renan

Gol: Raphael Veiga, 35 minutos 2º tempo

PALMEIRAS: Fernando Prass; Marcos Rocha, Vitão (Raphael Veiga), Edu Dracena e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Jean e Lucas Lima; Zé Rafael (Esteves), Felipe Pires e Carlos Eduardo (Léo Passos). Técnico: Luís Felipe Scolari

PONTE PRETA: Ivan; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Reginaldo e Diego Renan; Nathan (Vinícius), Gérson Magrão e Tiago Real (Igor Henrique); Matheus Oliveira (Juninho), Júlio César e Thalles. Técnico: Jorginho

Comente com seu Facebook