A Ponte Preta inicia uma batalha de dois jogos com o América Mineiro na noite desta quarta-feira, no Majestoso, pela quarta fase da Copa do Brasil.

A Macaca está na sua 17ª participação na competição e tenta avançar para oitavas de final pela sexta vez.

A primeira participou na fase avançada do mata-mata ocorreu na campanha histórica de 2001. Liderada por Washington e cia, o time campineiro eliminou o Remo nas oitavas, passou pelo Fortaleza nas quartas e parou para o Corinthians na semi. Esta foi até hoje a principal participação da equipe no torneio.

A participação nas oitavas de final voltou a ocorrer apenas oito anos depois. Em 2009, após eliminar Vilhena e Figueirense, a equipe disputou vaga nas quartas com o Americano e avançou, mas depois acabou sendo eliminada para o Coritiba.

A Macaca também disputou a fase de oitavas em 2012 após eliminar Sapucaiense e Atlético Goianiense, mas acabou sendo eliminada para o São Paulo e não avançou para quartas de final.

Em 2016 a Macaca passou por Caldense, Genus e Figueirense antes de enfrentar o Atlético Mineiro nas oitavas. Mas após dois empates perdeu nos critérios para o time de Belo Horizonte e também parou antes das quartas de final.

A última participação da Ponte Preta nas oitavas foi em 2018. A equipe eliminou Inter de Limeira, Sampaio Corrêa e Náutico, mas acabou caindo com o Flamengo nas oitavas e perdeu para o time carioca.

No ano passado o time comandado por Jorginho acabou sendo eliminado na primeira fase para Aparecidense. Já neste ano eliminou três adversários e pode garantir mais R$ 2,6 milhões se passar pelo Coelho.

Comente com seu Facebook