A Ponte Preta conquistou uma importante vitória na tarde deste domingo, diante do Remo, em Belém do Pará.

Com gol marcado por Marcos Júnior, o time comandado por Gilson Kleina conseguiu somar três pontos e abriu cinco de vantagem para a zona de rebaixamento após o encerramento da 31ª rodada da Série B.

TABELA
Com o resultado, a Macaca chega aos 37 pontos e volta aos gramados no próximo sábado, diante do Vitória, no Moisés Lucarelli.

PRIMEIRO TEMPO
Precisando da vitória, a Ponte Preta tomou uma postura agressiva no Baenão e partiu para cima do Remo. Rodrigão foi o primeiro a exigir boa defesa do goleiro Thiago Coelho, mas aos 13 minutos o goleiro ficou batido em bom ataque pontepretano. Após Léo Naldi acertar a trave, a bola voltou para Marcos Júnior e o volante apenas escorou para abrir o placar.

Diante do forte calor, a Macaca passou a controlar o relógio enquanto o Remo procurava espaço e ofereceu chances perigosas. Ivan Quaresma precisou trabalhar em boas finalizações de Victor Andrade, Felipe Gedoz e Neto Pessoa.

Antes do apito do árbitro para o intervalo, o árbitro de vídeo entrou em ação duas vezes: após pênalti marcado para a Ponte Preta o VAR flagrou impedimento de Yago na jogada. Depois, após gol do Remo com Arthur, um novo impedimento foi encontrado e a vantagem da Macaca seguiu em 1 a 0.

SEGUNDO TEMPO
O primeiro tempo foi disputado sob forte calor e sol, mas a chuva apareceu e deixou o gramado mais pesado para a etapa final. Mas os dois times continuaram com volume e exigiram uma participação maior tanto de Ivan Quaresma como de Thiago. A Macaca teve boas chances de ampliar com Richard no início do segundo tempo, depois com Moisés aos 21 minutos e ainda com Thalles que parou na defesa do goleiro do Remo.

Foto de Samara Miranda/ Divulgação Remo

FICHA TÉCNICA

QUEM JOGOU? Remo e Ponte Preta pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

ONDE? Estádio Baenão, em Belém do Pará

ESCALAÇÕES? O Remo atuou com Thiago Coelho; Thiago Ennes, Rafael Jansen, Marlon (Jefferson) e Raimar; Arthur (Lucas Siqueira), Marcos Júnior (Anderson Uchoa) e Felipe Gedoz; Lucas Tocantins, Neto Pessoa (Wallace) e Victor Andrade (Matheus Oliveira). Já a Ponte Preta, escalada por Gilson Kleina, atuou com Ivan Quaresma; Kevin, Fábio Sanches, Rayan e Rafael Santos (Marcelo Hermes); Marcos Júnior (Lucas Cândido), Léo Naldi (Thales) e Yago Henrique (André Luiz); Richard (Iago), Moisés e Rodrigão.

GOLS? Marcos Júnior (Ponte Preta);

QUEM APITOU? Paulo Cesar Zanovelli

CARTÕES AMARELOS? Léo Naldi, Richard, Anderson Uchoa, Rafael Jansen e Ivan Quaresma

VERMELHOS? Ninguém foi expulso

Comente com seu Facebook