Ponte Preta quer quebrar tabu de nunca ter vencido Paysandu em Belém

0

por júlio nascimento

Duas equipes que tentam subir na tabela. Ponte Preta e Paysandu estão separados por apenas uma posição e dois pontos. A Macaca, 10ª colocada, visita o Papão, 11º, na Curuzu, em Belém do Pará, na abertura do returno na Série B.

Para voltar a vencer e colar nos líderes, a Ponte Preta de João Brigatti vai precisar quebrar um antigo tabu: de nunca ter vencido em Belém. Foram cinco jogos com três derrotas e dois empates.

O primeiro confronto em Belém foi em 1976, pelo Brasileirão, com empate sem gols. Depois o reencontro aconteceu só em 2002 com vitória do Paysandu por 4 a 3. O Papão ainda venceu os jogos de 2003 e 2004, além do empate no Brasileirão de 2005, o último encontro entre as equipes atuando na casa do Paysandu.

O histórico é equilibrado. São 11 partidas com quatro vitórias para cada lado e três empates. A Macaca marcou 20 gols e sofreu 17 do Papão. No primeiro turno, entretanto, derrota por 1 a 0 no vazio Majestoso.

A chance do desempate é nesta terça-feira, 21h30, com transmissão da Rádio Bandeirantes. Se vencer, a Macaca pula para os 29 pontos, pontuação de três equipes: Guarani, 5º, Figueirense, 6º, e Avaí, 7º colocado.