Ponte Preta pode lucrar com meia sondado por Olympiakos e Galatasaray

0

O ex-pontepretano Ravanelli fez a melhor temporada de sua carreira atuando na Rússia. Vestindo a camisa do Akhmat Grozny, o meia foi selecionado para seleção da competição e despertou atenção de outras equipes da Europa.

ESPEL ELEVADORES

Ravanelli esteve em campo pelo time da Chechênia por 16 jogos com sete assistências e quatro gols marcados. Ele liderou as estatísticas como atleta que mais participou de gols pelo Grozny – que terminou na oitava colocação com 42 pontos.

Valorizado, o brasileiro chamou atenção de dois clubes: o grego Olympiacos e o turco Galatasaray. O time russo já avisou aos clubes que não aceitará menos do que R$ 4,4 milhões para liberar Ravanelli no mercado.

O jogador rompeu o ligamento em maio e passou os últimos 30 dias na Itália para iniciar o processo de recuperação. A tendência é que ele volte aos gramados entre novembro e dezembro, mas ainda assim os times europeus têm interesse em amarrar uma negociação para a janela de transferências de janeiro ou da próxima temporada no verão.

A Ponte Preta tem direito a 45% do valor em caso de venda, sendo que 40% são referentes aos direitos econômicos que ainda estão em contrato e os outros 5% pelo Mecanismo de Solidariedade por ser o clube formador. O lucro previsto, portanto, é de aproximadamente R$ 2 milhões.

Ravanelli está de férias no Brasil, perto de amigos e família. A temporada 2019/2020 da Premier Liga deve ter início entre julho e agosto.

Comente com seu Facebook