O vice-presidente da Ponte Preta, Nenê Tognolo, concedeu entrevista ao programa Esporte em Debate da Rádio Bandeirantes de Campinas para falar das expectativas para Copinha.

Nenê também é diretor da base da Macaca e estará acompanhando a equipe na competição a partir da primeira semana de janeiro.

O time campineiro está no Grupo 1 da competição, com sede em Tanabi.

A equipe enfrentará, além do mandante, o Vila Nova (atual campeão goiano Sub-20) e o Atlético Gloriense (vice-campeão de Sergipe em 2023). Os dois melhores avançam à segunda fase.

”O nosso vem sendo preparado há cerca de um ano, temos alguns remanescentes da Copinha do ano passado e outros jogadores que nos serviram no Paulistão e na Copa Paulista. Nossa expectativa é bem alta para essas competições”, disse Tognolo.

O dirigente também confirmou que Ademilson Venâncio será o comandante pontepretano na competição porque Edson Boaro está com problemas na documentação.

”Isso vem acontecendo desde a Copa Paulista, porque ele precisa apresentar alguns documentos para renovar a licença e não apresentou a conclusão do segundo grau completo. A gente se reuniu, o Edson vai viajar com o grupo, mas o Ademilson é quem ficará no banco comandando o time”, explicou.

Confira a entrevista na íntegra: