Ponte Preta confirma Marcelo Chamusca como novo técnico

0

por júlio nascimento

A Ponte Preta confirmou na manhã deste domingo (02) um novo comandante para a sequência da Série B. O técnico Marcelo Chamusca assume o comando da equipe. João Brigatti permanece na comissão técnica, mas na condição de auxiliar técnico.

Chamusca chegou a negociar com a diretoria da Macaca após a demissão de Doriva, em maio, mas as conversas não avançaram. Na ocasião, João Brigatti foi escolhido para assumir interinamente e permaneceu por 107 dias como treinador da Ponte Preta na Série B.

Brigatti comandou a equipe em 17 jogos na Série B e conquistou 7 vitórias, 6 empates e 4 derrotas. O ex-goleiro, entretanto, viu a queda de rendimento nos últimos três jogos da Macaca e não seguirá como treinador.

Marcelo Chamusca está desempregado desde o final de maio. Ele comandou o Ceará na campanha do acesso no ano passado e após 35 jogos em 2018, com 18 vitórias, foi desligado devido ao início ruim da equipe na Série A do Brasileirão.

Chamusca ganhou notoriedade em Campinas dirigindo o Guarani em 2016. Foram 13 vitórias em 24 jogos na campanha do acesos na Série C. O treinador de 51 anos, irmão de Péricles Chamusca, foi responsável por levar o Bugre à final da competição, mas ficou com o vice-campeonato.

Além de Ceará e Guarani, Chamusca dirigiu equipes como Vitória, Salgueiro, Fortaleza, Atlético-GO, Sampaio Corrêa e Paysandu. O contrato com a Macaca vai até o final do ano com possibilidade de renovação para 2019.

A apresentação será nesta segunda-feira no Moisés Lucarelli.