A entrevista de João Brigatti foi ao melhor estilo João Brigatti. A reportagem do Portal CB acompanhou in loco quase 45 minutos de coletiva do comandante alvinegro após a permanência na Série B ser garantida com vitória sobre o CRB.

Brigatti interrompeu a entrevista diversas vezes pra cumprimentar jogadores que deixavam o Moisés Lucarelli – muitos deles de forma definitiva.

Felipe Amaral parou para abraçar o treinador pontepretano e depois foi a vez de Artur, o zangado como brincou o treinador.

“O Artur é um cara que sempre se dedicou muito ao clube e viveu muito intensamente toda essa situação. Ele estava sempre de cara fechada e a gente apelidou de zangado. Esse grupo viveu muitas coisas durante todo esse período, mas eu garanto que todos se dedicaram ao máximo para livrar o clube. Foram dias difíceis e agora eles merecem um descanso”, disse.

Brigatti não foi contratado para ser o treinador da Macaca, mas foi o escolhido para os jogos finais após saída de Pintado.

“Eu agradeço toda confiança que o Eberlin depositou em mim. Eu fui contratado para o cargo de coordenador, mas sempre deixei claro que adoro ser técnico. E posso falar com convicção que nenhum outro treinador teria feito o que fiz para salvar o clube”, argumentou.

Brigatti completou dizendo que foram dias de estresse dentro e fora do trabalho:

“Viver na Ponte Preta com essa situação é sofrer de urticária, dor de cabeça, ansiedade, insônia… Eu sou de Campinas e sempre era parado nas ruas para ser cobrado. Eu vivi isso aqui intensamente e posso falar que nenhum técnico conseguiria fazer o que fizemos”, completou.

Brigatti ainda pediu mais união no cenário político e nas arquibancadas.

“Eu não sou oposição e nem situação. Eu sou Ponte Preta. O que estão fazendo com a política do clube e com o ambiente é desumano. Eu sei que muita gente já tinha preparado textão para postar com rebaixamento. Já sei do gordinho, do magrinho e do careca. Mas a gente precisa de união. E na torcida também, principalmente ali atrás do banco. Eu fico feliz é que a maioria apoiou do começo ao fim. Gratidão por isso. Isso é ser Ponte Preta”, encerrou.

Foto de Marcos Ribolli/Pontepress

Portal CB no YouTube! Acompanhe vídeos do time do seu coração com informação, debate e curiosidades. Gols, comentários e entrevistas todos os dias com a Equipe de Carlos Batista. Se inscreva no canal e ative as notificações. Clique aqui e acesse.