A Ponte Preta desperdiçou mais uma chance de se aproximar do G4 da Série B do Campeonato Brasileiro.

A equipe comandada por Fábio Moreno visitou a Chapecoense na Arena Condá e acabou sendo derrotada pela 36ª rodada da competição.

O time catarinense venceu por 1 a 0 com gol de Perotti.

TABELA
Com o resultado, a Macaca fica nos 51 pontos. A diferença para o CSA é de cinco pontos. O próximo compromisso será no domingo, às 18h15, diante do CRB, no Moisés Lucarelli.

PRIMEIRO TEMPO
A Ponte Preta começou com bom volume ofensivo nos primeiros minutos e ainda teve um pênalti não marcado após Ronei derrubar Dawhan. A primeira boa chance surgiu na bola parada com Camilo encontrando Zanocelo e a bola indo para fora após uma finalização de letra do camisa 20. Logo em seguida, Camilo recebeu chance em cobrança de falta e quase acertou o gol de João Ricardo.

A Chape começou a equilibrar a partida na metade do primeiro tempo. Após dividida de Ygor Vinhas com Felipe Santana, a bola sobrou para Aylon e o atacante da Chape por pouco não abriu o placar.

A situação começou a ficar preocupante aos 40 minutos com a expulsão de Luan Dias. O meia da Macaca chegou por cima em dividida com Alan Ruschel e acabou sendo expulso. Em seguida, Anselmo Ramon acertou uma bomba de frente para o gol, mas parou em grande defesa de Ygor Vinhas.

SEGUNDO TEMPO
O segundo tempo começou com grande pressão da Chapecoense, mas dois aliados para os visitantes: a falta de pontaria dos atletas de ataque e Ygor Vinhas. Foram pelo menos quatro grandes oportunidades para abrir o placar, mas sem sucesso.

Nos acréscimos, Guilherme Pato recebeu grande oportunidade e não aproveitou para abrir o placar. Na sequência Ruan Renato cometeu pênalti e Perotti confirmou a vitória da Chape.

Foto de Márcio Cunha/Chape

FICHA TÉCNICA

QUEM JOGOU? Chapecoense e Ponte Preta pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

ONDE? Arena Condá, em Chapecó

ESCALAÇÕES? A Chape, comandada por Umberto Louzer, foi a campo com João Ricardo; Matheus, Felipe Santana, Luiz Otávio e Alan Ruschel; Willian Oliveira, Ronei, Denner e Mike; Paulinho Moccelin e Anselmo Ramon. Já a Ponte Preta, dirigida por Fábio Moreno, foi a campo com Ygor Vinhas; Apodi, Luizão, Wellington Carvalho e Yuri; Dawhan, Zanocelo e Camilo; Luan Dias, Bruno Rodrigues e Matheus Peixoto.

GOLS? Partida terminou sem gols

QUEM APITOU? Rodrigo Batista Raposo

CARTÕES AMARELOS? Orobó, Luan Dias, Dawhan, Paulinho e Willian Oliveira

VERMELHOS? Luan Dias

PÚBLICO E RENDA? A partida foi realizada com portões fechados

Comente com seu Facebook