Ponte perde para São Paulo e completa 5 jogos de jejum no Paulistão

0

A Ponte Preta completou o quinto jogo sem vencer no Paulistão. Depois de não conquistar resultado positivo durante todo o mês de fevereiro, a Macaca inicia o mês de março de maneira ainda mais preocupante. Sem mostrar um futebol convincente, os alvinegros foram dominados pelo São Paulo e derrotados por dois a um.

Com 7 pontos, a Ponte continua na terceira posição do Grupo A, a dois de diferença do vice-líder Água Santa. Mas o mais preocupante é que o time continua muito perto da zona de rebaixamento. Na décima terceira posição na classificação geral, o time está a dois pontos da degola e ainda pode cair na tabela, já que os adversários diretos Botafogo, Ferroviária e Oeste ainda entram em campo nesta rodada.

A Ponte volta a campo na segunda, dia 9 de março, quando recebe o Bragantino Red Bull no Majestoso.

O JOGO

O primeiro minuto já começa com emoção quando Ivan sai jogando errado, Pato recebe na cara do goleiro e o camisa um da Ponte salva. A resposta alvinegra sai aos 5 minutos. Depois do escanteio, Trevisan desvia para o gol, mas a arbitragem anula por impedimento.

No lance seguinte, mais um gol, desta vez validado. Pablo cruza da esquerda e Alexandre Pato completa de primeira da entrada da pequena área.

O São Paulo domina a partida, com mais posse de bola e chances de ampliar: o time reclama da não marcação de um pênalti e de um impedimento marcado. Em contra ataque puxado por Tchê Tchê, Vìtor Bueno tenta o canto e erra o chute.

Depois, Pablo tem chance de cabeça e Ivan vaia no canto buscar. Já nos minutos finais, Igor Gomes pega de primeira e a bola passa muito perto do gol. Aos 45 minutos, o São Paulo amplia: Vítor Bueno rola para Reinaldo que manda de primeira alto no canto.

Um primeiro tempo de superioridade do São Paulo que é refletida no placar.

O panorama da segunda etapa não muda muito: Pato tem boa chance logo aos 5 minutos. E a situação fica ainda mais difícil para a Ponte quando Yuri recebe o segunda cartão amarelo e é expulso.

Com o São Paulo buscando mais gols, Ivan começa a aparecer. Depois da falta cobrada por Daniel Alves, Ivan defende o cabeceio de Bruno Alves; no rebote, ele evita o gol de Pablo. Depois, o goleiro defende com o pé o chute de Igor Gomes.

A Ponte melhora depois dos 15 minutos e consegue diminuir a diferença aos 25. Depois da tabela com Bruno Rodrigues, Dawhan ganha na dividida de Thiago Volpi e marca.

Os times diminuem o ritmo na reta final e as chances de gol ficam menores. O São Paulo quase faz o terceiro no cruzamento da esquerda que Vítor Bueno tenta de cabeça mas a bola sai. A última boa oportunidade do jogo é de Daniel Alves e novamente Ivan trabalha bem.

No final, vitória por dois a um do São Paulo.

SÃO PAULO X PONTE PRETA

Campeonato Paulista – 8ª rodada

Data: domingo, 01 de março

Horário: 16 horas

Local: Estádio do Morumbi – São Paulo

Árbitro: Vinícius Furlan

Assistentes: Daniel Luis Marques e Alberto Polleto Masseira

Público: 21.748

Renda: R$ 671.978,83

Cartões Amarelos: Yuri, Bruno Reis, Daniel Alves, Bruno Rodrigues

Cartão Vermelho: Yuri

Gols: Alexandre Pato, 8 minutos 1º tempo; Reinaldo, 45 minutos 2º tempo; Dawhan, 25 minutos 2º tempo

SÃO PAULO: Thiago Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes (Liziero); Pablo (Hernanes), Vítor Bueno (Toró) e Alexandre Pato. TÉCNICO: Fernando Diniz

PONTE PRETA: Ivan; Dawhan, Wellington Carvalho, Henrique Trevisan e Yuri; Danrley (Jeferson), Bruno Reis e João Paulo; Bruno Rodrigues, Felipe Saraiva (Guilherme Lazaroni) e Roger (Vinícius Zanocelo). TÉCNICO: João Brigatti

Comente com seu Facebook