Ponte espera resposta da CBF para definir futuro de atacante

0

O atacante Gabriel Lima era visto no primeiro semestre como uma das principais apostas no elenco da Ponte Preta. O jogador de 21 anos foi utilizado por 25 minutos na partida contra o Vila Nova e chamou atenção de Jorginho após bom desempenho com o time sub-23.

ESPEL ELEVADORES

Mas um problema com o Operário-MS iniciou um imbróglio que dura quase quatro meses. Alegando falta de pagamento dos salários e do FGTS, representantes de Gabriel pediram rescisão com o clube detentor dos direitos econômicos do atleta para assinar contrato definitivo com a Ponte Preta.

Sem sucesso nas tratativas o contrato de Gabriel com a Macaca acabou suspenso e o atleta não voltou a ter novas oportunidades. No entanto, seu nome ressurgiu na última segunda-feira no BID com contrato em validade com o time campineiro. Surpresa com a notícia, a diretoria pontepretana entrou em contato com a CBF para saber qual é a situação contratual do atacante com o Operário.

O departamento jurídico espera uma resposta ainda nesta terça-feira antes de tomar qualquer decisão sobre o futuro do atleta.

Gabriel Lima foi revelado nas categorias de base do Avaí. O atleta está há oito meses no clube. Pela equipe catarinense disputou a Copa SP, Copa RS e estaduais ao longo de sua trajetória na base.

Comente com seu Facebook