Ponte empata com Mirassol no primeiro confronto da final do Interior

0

A Ponte Preta até saiu na frente na disputa do título do Torneio do Interior, mas não conseguiu segurar a vantagem por um gol de diferença até o fim. O gol nos acréscimos do segundo tempo fez o Mirassol comemorar o empate como se fosse uma vitória. A disputa pelo título do Interior e pelo prêmio de 360 mil reais ficou aberta para a segunda partida.

ESPEL ELEVADORES

As duas equipes fazem a partida decisiva na próxima segunda (02/04) às oito da noite no estádio Moisés Lucarelli. Quem vencer fica com o troféu. Em caso de novo empate, a disputa será nas penalidades máximas.

 O JOGO

Os dois times fizeram um primeiro tempo de poucas emoções. Com muitos toques no meio campo, as equipes praticamente não levaram perigo aos goleiros. Foram duas boas oportunidades, uma para cada lado. Pelo Mirassol, Edson Silva aproveitou a cobrança de escanteio e cabeceou com perigo. Já a Ponte só assustou aos 40 minutos numa tentativa de Orinho.

No segundo tempo, a Ponte fica mais ofensiva. Aos 10 minutos, Emerson cruza, Lucas Mineiro cabeceia bem e Ygor evita o gol. No lance seguinte, Orinho sofre pênalti de Wellington. Marciel vai pra cobrança, a bola bate no pé da trave esquerda e entra. A marcação do pênalti irrita o técnico Moisés Egert que é expulso. Dentro de campo, o Mirassol cresce em busca do empate. A Ponte até conseguia controlar bem as investidas dos donos da casa, mas nos acréscimos a bola parada faz a diferença. Depois da cobrança de escanteio, Edson Silva sobe alto e empata a partida.

 

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Municipal José Maria de Campos Maia – Mirassol

Data: quinta-feira, 29 de março

Horário: 18:30

Árbitro: Vinícius Furlan

Auxiliares: Daniel Luís Marques e Luiz Alberto Andrini Nogueira

Público e renda: 3797 e R$ 22.045,00

Mirassol: Ygor, Danilo Boza, Wellington, Edson Silva e Willian Simões; Léo Baiano, Luís Oyama, Lucas Ceará e Xuxa (Douglas Baggio); Alison e Gilsinho. Técnico: Moisés Egert

Ponte Preta: Ivan, Emerson, Renan Fonseca, Luan Peres e Marciel; Jeferson, Nathan e Lucas Mineiro; Felipe Saraiva, Orinho e Yuri (Silvinho). Técnico: João Brigatti

Gols: Marciel (pênalti) 12 min. 2º tempo e Edson Silva aos 47 min. 2º tempo

Cartões amarelos: Léo Baiano, Xuxa, Emerson, Jeferson, Marciel, Luan Peres e Lucas Mineiro

Comente com seu Facebook