Ponte continua sem vencer em casa e se aproxima da zona da degola

0

A Ponte Preta somou mais um resultado negativo dentro do Móises Lucarelli este ano. Com a derrota por 1 a 0 para o Bragantino na noite desta segunda, a Macaca segue sem vencer como mandante pelo Paulistão.

Além disso, a derrota ligou o sinal vermelho no Majestoso. Agora a ponte está na 14ª colocação, apenas dois pontos a mais que o Santo André primeiro time dentro da zona de rebaixamento. O resultado irritou a torcida, que marcou presença com mais de cinco mil torcedores – maior público da Ponte no ano -, e do meio da segunda etapa cobrou o time.

A Macaca volta a campo na xxxx, contra o Red Bull, no Moisés Lucarelli. Mesmo como visitante, esse é mais um jogo em casa pra Ponte.

O JOGO

Precisando do resultado a Macaca começa pressionado. Aos 12 minutos, Silvinho obriga Alex a trabalhar com um chute da intermediária. Aos 15, Orinho cobra escanteio e Renan Fonseca de cabeça mete a bola na trave. Mesmo fechado quando tem a bola o Massa Bruta sai nos contra-ataques. Aos 18, Mateus Peixoto assusta Ivan em chute no bico da grande área.

Mesmo lá e cá é o Bragantino que aproveita. Aos 33 minutos, Mateus Peixoto recebe entre os dois zagueiros e vence Ivan pra fazer 1 a 0. No fim do primeiro tempo a Macaca pressiona. Silvinho leva perigo em uma cabeçada e depois em um chute de fora da área, mas a Ponte não conseguiu empatar.

Na segunda etapa a Ponte tenta pressionar, mas a pressão pelo resultado pesa. Aos 12 minutos é o Braga que assusta. Anderson Ligeiro arrisca cruzamento e por pouco não amplia pros visitantes. A Ponte só leva perigo aos 25 minutos. A zaga do Massa Bruta falha e Leo Artur pega de primeira e manda pra fora. Uma chance incrível. Daí em diante o nervosismo toma conta do time pontepretano que soma mais uma derrota em casa esse ano.

FICHA TÉCNICA

Local:  Moisés Lucarelli – Campinas

Data: segunda, 05 de março

Horário: 20h

Público e renda: 5.326 pagantes, R$ 38.840 renda

Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza

Auxiliares: Fabricio Porfirio de Moura e Enderson Emanoel Turbiani da Silva.

Ponte Preta – Ivan, Emerson, Wesley Matos (Marciel), Renan Fonseca, Xavier (Gabriel Vasconcelos), Orinho, Silvinho (Aaron), Jeferson, Yuri, Daniel e Léo Artur.

Bragantino – Alex Alves, Evandro, Juliano, Guilherme, Adenilson, Fabiano, Léo Jaime (Anderson Ligeiro), William Schuster, Matheus Peixoto (Miguel), Vitinho e Gerley (Danilo Bueno)

Gols: Mateus Peixoto ( 1º tempo´33)

Cartões Amarelos:  Orinho, Léo Jaime e Miguel

 

 

Comente com seu Facebook