O departamento de futebol da Ponte Preta será uma importante chave na transição política do clube nas próximas semanas.

E o primeiro passo é começar a liberar os veteranos que não seriam aproveitados no compromisso desta sexta-feira, diante do Coritiba, no Moisés Lucarelli, na última rodada da Série B.

Este é o caso dos zagueiros Fábio Sanches e Ednei, do meia Camilo e do atacante Rodrigão. Os jogadores retiraram seus pertences do Moisés Lucarelli e se despediram dos funcionários. Todos têm contrato se encerrando neste ano.

A ideia da Macaca é dar oportunidades primeiro aos mais jovens como forma de observar alguns nomes para 2022. Outros jogadores que estavam sendo menos aproveitados também poderão receber oportunidade na sexta-feira.

Foto de Diego Almeida/Pontepress

Comente com seu Facebook