Ponte acaba com jejum de vitórias no Brasileirão e sai do Z-4

0
Macaca mostra disposição e vence vice-campeão da Copa do Brasil 2017

Desde o dia 20 de agosto o torcedor pontepretano não comemorava uma vitória da Macaca no Brasileirão. Diante do vice-campeão da Copa do Brasil, a equipe de Eduardo Baptista venceu por um a zero, chegou aos 31 pontos e saltou da decima oitava para a décima quinta posição, fora da zona de rebaixamento.

O gol da Macaca foi marcado pelo volante Jean Patrick. Uma vitória construída com muita garra e valentia com a ajuda da torcida pontepretana que marcou presença com mais de 11 mil torcedores no Majestoso.

Para voltar a vencer era preciso encarar os problemas de outra maneira e conseguir detectar as possibilidades para superar as dificuldades. Não podia pensar no medo de enfrentar um adversário poderoso e ainda tinha que conter a ansiedade.

A Ponte Preta entrou em campo guerreira desde o início com marcação forte e alta. O primeiro tempo foi muito ruim tecnicamente com apenas duas chances, uma para cada time. No início, Sheik cruzou, e Lucca cabeceou para fora. William Arão desperdiçou um lançamento de Renê mandando de cabeça para fora.

A Ponte Preta cresceu no segundo tempo e abriu o marcador. Uma jogada trabalhada na entrada da área com passe de Wendel e a batida com perfeição de Jean Patrick. A Ponte poderia ter ampliado. Rever derrubou Lucca na área. Pênalti para a Macaca que Lucca bateu mal e Diego Alves pegou. Na batalha tática, Eduardo Baptista colocou Naldo para reforçar a marcação. O jogador entrou péssimo, permitiu um contra-ataque que quase o Mengão empatou e depois deu um pontapé na perna de Vinicius Junior e foi expulso. O final da partida foi dramático com o Flamengo pressionando e a Macaca se defendendo com alma e coração. O zagueiro Marllon foi o melhor jogador da partida. 

A Ponte volta a campo no próximo sábado às 16h contra o Cruzeiro em Belo Horizonte.

Comente com seu Facebook