A bola parada segue sendo o principal problema defensivo do Guarani na temporada.

A equipe de Thiago Carpini segue mal treinada no aspecto e sofreu 13 dos 24 gols na temporada em escanteio, falta ou pênalti dos adversários.

O número representa aproximadamente 55% dos gols sofridos.

E na Série B a estatística é ainda mais preocupante: quatro dos seis gols sofridos foram no fundamento.

Nas derrotas para CSA, Cruzeiro e Paraná o Bugre sofreu com a bola parada. O único jogo que passou ileso foi justamente na vitória diante do Botafogo na penúltima rodada.

Carpini terá mais tempo para treinar o time e principalmente o posicionamento defensivo haja vista o próximo jogo ser na segunda-feira diante da Chapecoense.

GOLS SOFRIDOS DE BOLA PARADA:
1 x Santos
1 x Mirassol
1 x Santo André
1 x Novorizontino
2 x Ponte Preta
1 x Botafogo
1 x Ituano
1 x Inter de Limeira
1 x CSA
2 x Cruzeiro
1 x Paraná

Foto de David Oliveira/Guarani FC

Comente com seu Facebook