Palmeron renuncia ao Conselho de Administração do Guarani

0
Foto: Guarani FC

Palmeron Mendes Filho não faz mais parte do Conselho Administrativo do Guarani. Ele já havia pedido afastamento do CA para realizar um tratamento de saúde e agora renuncia ao cargo.

ESPEL ELEVADORES

O pedido foi confirmado pelo ex-presidente à Rádio Bandeirantes: “eu confirmo minha renúncia na data de hoje, entendo que o Guarani tem totais condições de reagir no campeonato e precisamos de um Conselho de Administração 100% focado, empenhado pra sair desta situação. Estou na fase final de um tratamento de saúde e não poderia me dedicar totalmente ao clube neste momento”, justificou Palmeron.

Palmeron analisou também que a situação do time na Série B motivou toda a crise política vivida no clube. Mas o ex-presidente não deu detalhes sobre o motivo da renúncia. Para ele o principal motivo do afastamento definitivo é que “o Guarani não cabe mais divisão, se meu nome dividia o Conselho Administrativo, e por outro lado precisava cuidar da minha saúde (…) o Guarani não cabe vaidade (…) não é momento de briga e desunião, é o momento de andarmos todos para o mesmo lado para evitar o rebaixamento”.

Com a renúncia de Palmeron, o Conselho de Administração do Guarani fica com 5 membros: Ricardo Moisés, Assis Eurípedes, Carlos Queiroz, Gilberto Moreno e Marcos Lena. Eles vão passar por um processo de impeachment no próximo dia 23 em assembleia extraordinária.

Comente com seu Facebook