O futuro de Gabriel Menino segue interessando a diretoria do Guarani. O atleta do Palmeiras é a principal expectativa de lucro para o time da capital no meio do ano, mas também um socorro aos cofres do Bugre, detentor de 20% dos direitos econômicos.

A reportagem apurou que a lesão de Gabriel Menino deve deixá-lo de fora das decisões na Recopa Sul-Americana, mas não influencia em possíveis negociações com o futebol europeu. A ideia do Palmeiras é vendê-lo apenas em junho.

Chelsea, Juvenuts, Atlético de Madrid e Tottenham são os principais interessados no atleta. Os valores especulados foram de R$ 80 milhões até R$ 140 milhões, mas segundo o diário espanhol Mundo Deportivo a intenção do Palmeiras é negociá-lo por 20 milhões de euros (R$ 135 milhões).

Se o valor for confirmado, o Guarani teria direito ao valor aproximado de R$ 27 milhões e precisaria destinar 20% (aproximadamente R$ 5,4 milhões) para débitos trabalhistas.

Gabriel Menino foi comprado pelo Palmeiras em 2017 após se destacar no juvenil do Bugre. No ano passado, o time campineiro ainda vendeu mais 10% do passe do atleta por R$ 400 mil.

Comente com seu Facebook