Pablo é um dos jogadores mais versáteis do atual elenco do Guarani. Após atuar mais avançado no início da partida contra o CRB, o camisa 17 deve retornar para a lateral para substituir Cristovam, ainda com lesão muscular.

“Eu sempre enfatizei em todas minhas entrevistas que sou muito tranquilo. Eu não estava em um bom momento e também entendi que a entrada do Cristovam ia agregar ao Guarani. O jogador quer sempre ser titular e eu tive a oportunidade de voltar ao time atuando mais na frente. Independente da função eu vou procurar exercer meu trabalho e ajudar meus companheiros”, ressaltou.

O adversário desta terça-feira será o líder Cuiabá, no Brinco de Ouro, pela 16ª rodada da Série B. O Bugre precisa da vitória para conseguir deixar a zona de rebaixamento.

“Sabemos que o Cuiabá é líder e um time muito bem trabalho. Vai ser um jogo competitivo, muito difícil e estamos buscando entender que precisamos de uma nova sequência positiva. Conseguimos ter nossos primeiros pontos em casa na última rodada e agora vamos fazer de tudo para conseguir exercer o fator casa para buscar os três pontos”, continuou.

Pablo também comentou sobre a troca de treinador. Após saídas de Carpini e Catalá, o Bugre é comandado pelo terceiro profissional ainda dentro do primeiro turno da Bezona.

“Sabemos que os resultados não vindo o primeiro a ser trocado é o técnico e a na minha opinião não ajuda. Mas com a chegada do professor Felipe Conceição o que vai acrescentar é a metodologia de trabalho dele e a experiência também”, concluiu.