A Ponte Preta segue na liderança da Série B pelo menos até a próxima quarta-feira quando a Chapecoense entra em campo. E o time alvinegro tem um retrospecto favorável na competição pelo bom aproveitamento ofensivo.

Foram 14 gols marcados na Bezona até o momento sendo que cinco foram convertidos em pênaltis. Na última rodada, diante do Avaí, o time venceu após João Paulo converter a penalidade em Santa Catarina.

Foram seis pênaltis marcados a favor da Macaca na Bezona com cinco convertidos (três de João Paulo, um de Camilo e outro de Bruno Rodrigues). João Paulo, na estreia diante do América, acabou desperdiçando um.

Chama atenção o bom retrospecto na temporada: 16 pênaltis batidos e 14 convertidos. O bom aproveitamento foi fundamental na classificação contra o Vila Nova na Copa do Brasil quando a equipe teve 100% de aproveitamento.

Roger contra o Afogados e João Paulo diante do América foram os únicos pênaltis não convertidos pela Macaca.

87,5% de aproveitamento nas penalidades até o momento.

Foto de Álvaro Júnior/Pontepress

Comente com seu Facebook