O final de semana foi positivo para a Ponte Preta.

Após a diretoria conseguir quitar parte dos débitos com o grupo de jogadores, a Macaca entrou em campo diante do Náutico e venceu por 2 a 0 no Moisés Lucarelli.

“O ambiente está muito mais tranquilo e a diretoria trabalhou muito rápido. Os jogadores sabiam da responsabilidade desta partida por tudo cenário. Independente do dinheiro a gente precisava deixar claro que tinha uma força dentro da gente e precisava colocar isso para fora. Isso ficou claro no vestiário depois da partida e de uma vitória que poderia ter por um placar ainda maior”, disse Moreno em entrevista coletiva.

O resultado deixou o time campineiro com 51 pontos e mantém a diferença para o quarto colocado Juventude em quatro pontos restando três rodadas para o término da competição.

“A gente segue com chances e isso é muito importante. Teremos pouco espaço para erros e vai ficar cada vez mais apertado. Agora vamos enfrentar a Chapecoense que é um time que briga por título e precisamos estar focados. Se a gente for para Chapecó com essa disposição e qualidade vamos dar mais um passo em cima do nosso objetivo”, afirmou.

Um ponto cobrado por Fábio Moreno para o próximo jogo envolve as oportunidades não aproveitadas. O volume de jogo foi elogiado pelo comandante, mas ainda há uma necessidade de melhora na precisão das finalizações.

“Essa foi uma cobrança no vestiário porque poderíamos ter feito um placar mais elástico do que foi. Um time que se propõe a disputar as primeiras colocações precisa ter uma boa eficiência. Mas o lado bom é que conseguimos criar as chances e fizemos uma boa partida. Vencemos sem sofrer que era nosso objetivo”, encerrou.

Foto de Álvaro Jr/Pontepress

Comente com seu Facebook