A novela envolvendo Davó, Guarani e a liberação para entrar em campo ganhou mais um capítulo. E nada feliz para o torcedor bugrino.

Na última semana, após decisão do juiz Gabriel Baldi Carvalho, da 5ª Vara Cível de Campinas, o atleta recebeu a liberação para ser inscrito, mas um novo documento da CBF informou que há um outro bloqueio que impede a regularização do atacante.

Uma dívida do Bugre com a empresa United Arenas está aberta desde janeiro de 2017. O valor é de aproximadamente R$ 900 mil. O clube tenta um acordo para liberação do segundo bloqueio e conseguir finalmente regularizar o atleta até sexta-feira – quando se encerra o prazo do Paulistão.

No entanto, se não houver acerto, a devolução ao Corinthians não está descartada haja vista Davó ter sido repassado com contrato até o final do Campeonato Paulista.

Comente com seu Facebook