Nova dupla de zaga dá resultado e terá sequência no Guarani; confira os números

0
Créditos: Letícia Martins/Guarani Futebol Clube

por júlio nascimento

ESPEL ELEVADORES

A nova dupla de defesa do Guarani conseguiu melhorar e diminuir as críticas. Após falhas nas partidas contra Figueirense e Paysandu, o sistema defensivo passou a ser duramente criticado e obrigou o técnico Umberto Louzer mexer nas opções.

A solução encontrada pela comissão técnica foi escalar a quarta dupla diferente na competição. E deu resultado. Com Philipe Maia e Everton Alemão, o Guarani conseguiu duas vitórias, mas ainda levou gol nos dois jogos. Foram dois triunfos por 2 a 1, mas com um número menor de erros.

Maia e Alemão é a dupla com melhor aproveitamento até o momento. Foram dois jogos e duas vitórias com dois gols sofridos. Média de 1 gol sofrido por jogo. Depois, Edson Silva e Maia foi quem conseguiu melhor aproveitamento. Duas vitórias e cinco empates (52% de aproveitamento) com seis gols sofridos.

Edson Silva e Everton Alemão foi a dupla mais criticada. Escala inclusive no Dérbi 191 foram 10 gols sofridos em sete jogos com três vitórias e quatro derrotas. A outra dupla, com Maia e Anderson Jesus, foi testada em três partidas e sofreu cinco gols. Foram duas derrotas e uma vitória.

A comissão técnica do Guarani ainda avalia novas opções para o futuro. Maia e Alemão serão mantidos para o duelo contra o Fortaleza, mas Fabrício Carioca e Ferreira – os dois últimos contratados no setor -, estão chamando atenção nas atividades e podem ganhar chances na sequência da competição.

EVERTON ALEMÃO E PHILIPE MAIA
2 JOGOS – 2V (100% DE APROVEITAMENTO)
2 GOLS SOFRIDOS
MÉDIA: 1

EDSON SILVA E EVERTON ALEMÃO
7 JOGOS – 3V e 4D (42%)
10 GOLS SOFRIDOS
MÉDIA: 1,4

EDSON SILVA E PHILIPE MAIA
7 JOGOS – 2V e 5E (52%)
6 GOLS SOFRIDOS
MÉDIA: 0,85

PHILIPE MAIA E ANDERSON JESUS
3 JOGOS – 1V e 2D (33%)
5 GOLS SOFRIDOS
MÉDIA: 1,6

Comente com seu Facebook