Guarani dá adeus a copinha

0

O Guarani deu adeus a Copa São Paulo de Futebol Junior. Depois de estar na frente do placar duas vezes, o Bugre não segurou o Atlético-PR e foi eliminado nos pênaltis. A equipe bugrina perdeu duas cobranças, enquanto os paranaenses desperdiçaram apenas uma, fechando as cobranças em 4 a 3.

Com o resultado o Bugre fecha a competição com três empates e um vitória. Na primeira fase empatou com Criciúma e Madureira, e venceu o Fernandópolis por 4 a 1, conquistando a liderança do grupo. O Alviverde marcou 6 gols na competição e tomou apenas 3.

O jogo

O Guarani abriu o placar logo no começo do jogo. Aos 4 minutos, Ronaldo aproveitou o cruzamento e fez 1 a 0. Dali em diante o Guarani controlou o jogo e ambos os times tiveram poucas chances de gol. O lance mais agudo foi do Guarani em uma descida de Elias em um contra golpe que obrigou uma bela defesa do goleiro paranaense.

Na segunda etapa o Guarani controlava o Atlético-PR, até que aos 14 minutos o juiz marcou pênalti pro Furacão. Carlão até pulou do lado certo, mas Vitor empatou o jogo. 1 a 1.

O Bugre ficou mais uma vez na frente. Na cobrança de falta Elias desviou de cabeça pra fazer 2 a 1. Mas os campineiros não conseguiram segurar a pressão e, aos 34 minutos, após uma bobeada da zaga Vitor deixou tudo igual novamente.

Pênaltis 

Gabriel Mesquita, esse foi o destaque das cobranças de pênalti. O goleiro do Atlético-PR entrou em campo aos 47 minutos da segunda etapa apenas para as penalidades e mostrou serviço.

O garoto pegou duas cobranças do Guarani. Já Carlão conseguiu pegar uma das cobranças do Atlético, mas não foi suficiente para garantir a classifcação do Bugre que perdeu nos pênaltis por 4 a 3.

Comente com seu Facebook