Nos acréscimos, Ponte sofre virada e perde a segunda em casa

0

O que já seria um resultado ruim empatando dentro de casa, acabou com um final ainda pior. Nos acréscimos, a Ponte Preta sofreu a virada e perdeu a segunda no estádio Moisés Lucarelli. Léo Arthur fez o primeiro logo no começo da partida, mas Eduardo Sasha e Rodrygo comandaram a vitória do time de Jair Ventura.

A Macaca perde o embalo do triunfo em cima do Corinthians e acaba ultrapassada pelo São Paulo na chave B do Campeonato Paulista. São três pontos para a Alvinegra e quatro do Tricolor. Um balde de água fria para o time campineiro, que terá agora que se reabilitar fora de casa, domingo, contra o São Bento às 17h.

JOGO: A etapa inicial pode ser dividida em duas partes. Antes e depois do gol. Oito minutos de um ritmo intenso foram suficientes para a Macaca abrir o placar. Felipe Cardoso arrancou na intermediária, passou por dois defensores e cruzou na linha de fundo. O camisa 10 bateu travado, mas na volta mandou para o fundo das redes. 1 a 0.

Já no tempo restante, o Peixe foi superior em campo, porém não o bastante para a pressão resultar em chances claras de gol. O único lance de perigo foi na cabeçada de Luiz Felipe dentro na pequena área. O que chamou mais atenção no primeiro tempo foram os números de cartões recebidos por ambas as equipes: quatro para a Ponte e dois para o Santos.

Na volta do intervalo, quem deu as caras foi o time da baixada. Vecchio chutou da entrada da área e obrigou Ivan a fazer uma bela defesa. Em seguida, Copete é quem quase marca. O Santos envolvia os jogadores campineiros e, de tanto insistir, chegou lá. Eduardo Sasha, de cabeça, igualou o confronto. 1 a 1.

Após o empate, o jogo ficou mais equilibrado e a Ponte teve uma boa chance de marcar com Felipe Cardoso. Os comandados do técnico Eduardo Baptista até esboçaram uma pressão no fim e tentaram de tudo para sair do Moisés vitorioso, mas não foi o que aconteceu. Quem balançou as redes nos acréscimos foi o clube santista. Rodrygo recebeu de frente para Renan Fonseca, cortou e bateu rasteiro para virar e decretar o fim da partida. 2 a 1.

Ficha Técnica:

Local: Moisés Lucarelli

Data: Quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Horário: 19:30

Público e renda: 3032 pagantes, R$ 51.100,00

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza

Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Vitor Carmona Metestaine

Ponte Preta: Ivan; Emerson, Renan Fonseca, Luan Peres e Jeferson; Tiago Real, Marciel (Ronaldo) e Léo Arthur (Tiaguinho); Felipe Saraiva, Silvinho (Marquinhos) e Felipe Cardoso

São Bernardo:  Vanderlei; Victor Ferraz, Luis Felipe, David Braz e Caju; Alisson, Matheus Jesus (Jean Mota) e Vecchio; Copete, Arthur Gomes (Rodrygo) e Rodrigão

Gols: Léo Arthur (8 minutos do 1º tempo), Eduardo Sasha (28 minutos 2º tempo) e Rodrygo (46 minutos 2º tempo)

Cartões amarelos: Renan Fonseca, Jeferson, Marciel, Ronaldo, Tiago Real, David Braz, Vecchio e Copete