Nei Pandolfo pede demissão do Guarani

0
Nei Pandolfo chegou em abril ao Brinco e deixa o clube antes mesmo de começar o 2º turno da série B do Brasileiro

O executivo de futebol do Guarani, Nei Pandolfo, pediu desligamento do clube na noite desta terça-feira. O profissional chegou ao Brinco de Ouro no final de abril deste ano. Ligado ao técnico Vadão, ele participou da montagem do elenco que disputa o Brasileiro da série B.

Em nota publicada nas redes sociais, Nei agradeceu torcedores, comissão técnica e diretoria do Guarani pela oportunidade.

A saída dele foi por causa de divergências com a atual diretoria. Depois que Horley Senna deixou a presidência, o atual mandatário do clube, Palmeron Mendes Filho, havia sinalizado o desejo de demití-lo. Nei Pandolfo se antecipou e evitou qualquer desgaste pedindo para sair do Brinco de Ouro.

Em princípio, o clube pensa em manter o superintendente de futebol, Anailson Neves, para acumular a função antes exercida por Nei Pandolfo.